Missão

Numa organização voluntária, o pensamento a longo-prazo tem muitas vezes de ser posto de lado para a resolução de desafios a curto-prazo. No entanto, temos vindo a perceber de forma crescente a importância de nos examinarmos de forma crítica para que possamos evoluir de forma mais consciente.

Assim, a estratégia internacional do EYP, levada a cabo por cada Comissão Nacional de forma adaptada à sua realidade, foi renovada para o período de 2016 a 2020. Esta define as prioridades estratégicas e direções gerais para a rede do EYP, focando-se em quatro áreas distintas: inclusão, capacitação, contribuição e estabilidade e continuidade.

 

Inclusão

O EYP é um ambiente acolhedor para todos os jovens europeus. Oportunidades iguais são providenciadas a todos os seus participantes, independentemente do seu género, etnia e nacionalidade, estatuto socioeconómico e capacidades. Todas as Comissões Nacionais estão estreitamente integradas na rede EYP.

 

Capacitação

O EYP providencia valiosas oportunidades educacionais aos jovens em todos os estágios da sua participação no EYP. Os seus objetivos educacionais e metodologia são examinados de forma crítica, de modo a continuar a desenvolvê-los e adaptá-los aos diferentes grupos-alvo.

 

Contribuição

O EYP tem uma abundância de voluntários capazes e empenhados em todos os níveis da organização e fazer voluntariado no EYP é considerado uma oportunidade interessante e recompensadora. Os voluntários ativos estão estreitamente integrados nos processos de tomada de decisão das comissões nacionais e do EYP a nível internacional.

 

Estabilidade e Continuidade

O EYP e as suas Comissões Nacionais são dirigidos de forma estratégica, com estruturas estáveis que providenciam a plataforma para um crescimento contínuo. O financiamento a nível nacional e internacional é garantido através de uma variedade de fontes e com uma ênfase reforçada nas parcerias a longo-prazo.

 

A nossa missão é inspirar e capacitar os jovens europeus para que se tornem cidadãos recetivos, tolerantes e ativos.

 

Em quase três décadas, o EYP transformou-se de um projeto para as escolas, humilde mas prometedor, numa organização pan-europeia pioneira para a educação cívica dos jovens. Embora não possamos prever como é que o EYP vai ser daqui a 15 anos, 10 ou mesmo 5, podemos escolher em que direção queremos que o mesmo evolua. É ao tomarmos passos concretos nas várias áreas da nossa estratégica internacional que acreditamos poder transformar novamente o EYP, através das ações cada um dos membros da nossa organização.

 

Fotografia: Magnus Berg Sletfjerding